Plataformas Computacionais Centradas na Web

Projeto: Pesquisa e desenvolvimento de plataformas centradas na Web

Financiamento: PIBIC - UFSJ

Coordenador: Prof. Dárlinton Carvalho

A ciência da computação promoveu um novo tipo de sociedade, possibilitando uma era de seres humanos vivendo com coisas inteligentes. Atualmente, as interações humanas têm sido realizadas cada vez mais por meio de tecnologias digitais, bem como grande parte das atividades humanas na sociedade moderna aproveita-se de alguma forma de sistemas computacionais. Novas tecnologias de informação e comunicação (TICs), mas já amplamente disponíveis, são vetores de mudança que permitem o desenvolvimento de inovações.

A World Wide Web, ou simplesmente Web, é uma destas tecnologias mais inovadoras e revolucionárias, visto que este protocolo da Internet se tornou um dos principais meios de comunicação e de troca de informações na atualidade. As plataformas centradas na Web estão em constante evolução com o surgimento de novos métodos, tecnologias e ferramentas que auxiliam no desenvolvimento e uso das páginas web em diferentes dispositivos.

Neste projeto, o termo plataforma computacional representa um conjunto de artefatos que trabalham conjuntamente para prover serviços computacionais, ou seja, fornecendo alguma utilidade para seus usuários. Ao invés de utilizar termos clássicos e mais gerais, como TICs, preferimos enfatizar uma plataforma composta por artefatos criados considerando os fundamentos da ciência da computação, ressaltando especialmente o ponto de vista da engenharia de software. Isto é necessário porque focamos em plataformas computacionais centradas na Web, ou seja, que utilizem a Web como fundamento para a criação destes artefatos, como meio de integração e comunicação, ou como forma de prover acesso aos usuários. Vale ainda clarificar que existe uma diferença entre Web e Internet, pois a Web é um conjunto de protocolos disponível na Internet. Diversas características deste protocolo promoveram a construção de sistemas computacionais, que chamamos de plataformas para reforçar a sua composição por diversos artefatos.

Plataformas computacionais centradas na Web são de interesse de toda a sociedade. É fundamental para a sobrevivência humana entender os mecanismos de funcionamento das plataformas computacionais, especialmente as centradas na Web. É esperado para as próximas décadas, talvez por volta de 2040 ou 2050, o momento chamado de singularidade tecnológica, em que o poder da inteligência artificial em plataformas computacionais irá superar ao de todos os seres humanos.

Como a maioria das tecnologias revolucionárias, seu uso pode levar a extinção da humanidade ou promover uma experiência mais enriquecedora com uma melhoria geral da condição humana. Por exemplo, a tecnologia amplamente disponível atualmente já é capaz de reduzir a distância de comunicação entre pessoas em qualquer lugar do mundo instantaneamente a um clique, o que está levando ao fechamento de empresas tradicionais de telecomunicação para o surgimento de outras mais inovadoras. O estabelecimento de uma relação saudável entre usuários e o uso de plataformas computacionais é essencial para a evolução de uma tecnologia em constante transformação. Desde o fim dos anos 1980 e início dos 1990, quando foi criada, a Web passa por frequentes revoluções, como a bolha econômica no final dos anos 1990 (causada pela euforia desmedida pelo e-commerce), a Web 2.0 (também conhecida como web social) e a recente Web 3.0 (conhecida como Web Semântica).

Desde o seu surgimento, a Web vem determinando novos usos para a Internet, bem como influenciando a sociedade em geral. Considerando toda esta evolução, em que novos padrões e plataformas vão se agregando para compor ambientes mais sofisticados, é fundamental considerá-la no estudo para pesquisa e desenvolvimento de novas plataformas computacionais. Tamanho impacto é percebido já há algum tempo como suficiente para definir uma nova área da ciência, a chamada Ciência da Web, como é instigado por diversos pesquisadores.

A constante evolução de métodos e tecnologias envolvidas no desenvolvimento de sistemas centrados na Web traz diversos desafios e oportunidades para pesquisadores, desenvolvedores e usuários. Neste contexto, propõe-se este projeto de iniciação científica para pesquisa e desenvolvimento nesta área, especialmente buscando maior compreensão acerca de novas tendências bem como na produção de inovações na sociedade.


Objetivos

O objetivo geral deste projeto é proporcionar aos bolsistas de iniciação científica a oportunidade para atuar em uma pesquisa sobre o desenvolvimento de plataformas computacionais centradas na Web. Vale ressaltar a importância da avaliação de utilização da tecnologia desenvolvida, que permitirá aprimorar o entendimento em relação a utilização do artefato tecnológico proposto. Portanto, propõem-se os objetivos específicos:

1. Treinamento dos bolsistas de iniciação científica;

2. Pesquisa de novas tecnologias e domínios de aplicação para o desenvolvimento de plataformas computacionais centradas na web;

3. Desenvolvimento de uma aplicação baseada em plataformas computacionais centradas na Web;

4. Testes e avaliação das propostas desenvolvidas;

5. Promover divulgação científica acerca dos resultados obtidos nesta pesquisa.


Metodologia

A metodologia adotada neste trabalho é fundamentada seguindo princípios da metodologia Design Science Research (DSR). Basicamente, refere-se às etapas de pesquisa acerca do desenvolvimento e avaliação de um sistema de informação, sendo no caso uma plataforma computacional centrada na web. Neste trabalho, o estudo inicial sobre ambiente e base de conhecimento em relação ao desenvolvimento são tratados na etapa de preconcepção do sistema de informação, que é seguida pelo desenvolvimento do sistema e sua avaliação que, por fim, gera novos resultados aumentando a base de conhecimento.